Fotometria e flash

Flash não faz milagre e é troço bastante complexo de entender.

TTL do flash também erra. Pois o flash irá, assim como o TTL da câmera, buscar tons médios na cena. Assim sendo, em cenas com muito branco o flash tende a dar menos carga e em cenas com tons muito escuros, mais carga. Nessas horas é que entra, assim como na câmera, a compensação de exposição.

Mantra da fotometria vale também para flash. Para garantir o branco mais branco compense o flash para mais e para garantir o preto mais preto, para menos. Porém, a fotometria da luz ambiente deve estar equilibrada com a fotometria do flash.

Importante lembrar que o flash produz luz dura, devido ao seu tamanho pequeno de fonte de luz. Por isso, rebater a luz do flash ou usá-lo fora da câmera são técnicas que garantem a produção de sombras mais difusas.

Nos casos em que uso o flash, ele entra como luz de preenchimento ou luz auxiliar, ou seja, sempre uso o flash combinado em harmonia com a luz ambiente.

Isso quer dizer que, em ambientes fechados, como em festas, por exemplo, aumento o ISO independentemente de estar usando o flash, pois obviamente ele não faz milagre e não posso esperar que o uso do flash seja a salvação para fugir do ISO alto.

O ISO é amigo, principalmente do flash. O flash, mesmo em TTL, não trabalha sozinho. Se o ISO não ajudar o flash a trabalhar, ele vai estafar, vai falhar, vai deixar o fotógrafo na mão.

O aumento do ISO em locais fechados, principalmente em festas, é importante para permitir usar o diafragma um pouco mais fechado ao fotografar as pessoas. Ainda tenho muita dificuldade em tentar arriscar diafragma aberto demais em cenas com pessoas, principalmente crianças correndo em festas, pois a chance de perder o foco aumenta.

Fotos com Canon 6d, f/5, 1/160 ISO 5000, flash Canon 600 EX-RT.

Please reload

Fernanda Pimentel Fotos
Fotografia Infantil
Brasília / DF
fernandapimentelfotos@gmail.com
(61) 9 9215-8933
2019 ® Fernanda pimentel fotos | Todos os direitos reservados. site desenvolvido por wuum.